Temer vai demitir todos ministros de Dilma. Mercadante deve ser o primeiro a ser preso

mercadante

A Lava Jato está pronta para prender Aloizio Mercadante. A informação é do blog O Antagonista. O motivo imediato (existem outros) é sua atuação criminosa para inviabilizar a explosiva delação do senador Delcídio do Amaral.

Logo que tomar posse Temer vai demitir todos os ministros de Dilma. Sem ministério, perdem o foro privilegiado e podem ser presos a qualquer momento. O primeiro da lista deve ser Mercadante, mas não é o único.

Em Curitiba, segundo a IstoÉ, “só se espera o fim do governo Dilma para pedir investigação sobre o ministro da Educação, por suposta tentativa de acordo para melar a delação do senador Delcidio do Amaral”. Na verdade, Aloizio Mercadante não tentou fazer um acordo para melar a delação – ele tentou subornar o delator.

Outros ministros de Dilma podem vir a conhecer os cárceres da Polícia Federal em Curitiba tão logo sejam demitidos por Michel Temer. São eles, além de Mercadante, Edinho Silva (Comunicação), Jaques Wagner (Casa Civil), Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), e Luiz Eduardo Cardozo (advogado geral da União), que poderá seus escassos talentos jurídicos para tentar defender a si mesmo.